sábado, novembro 07, 2020

Debruçado sobre minha prancheta, vez ou outra, acontece de surgir uma sensação de incômodo com alguns resultados. Há momentos em que me dist...

Debruçado sobre minha prancheta, vez ou outra, acontece de surgir uma sensação de incômodo com alguns resultados. Há momentos em que me distancio, olho novamente o desenho, e topo com o problema. Não é um erro, mas um problema. Aceitar o erro é salutar, às vezes ele pode até ser mantido quando traz peculiaridades positivas ao trabalho. Nem sempre a sanidade precisa ser perseguida, mas sim o erro trazido junto ao vocabulário visual do artista.
Dungeon Meshi de Ryōko Kui