terça-feira, outubro 15, 2019

Pretendo finalizar, ainda este ano, o terceiro ato de Ato Falho. Nos três primeiros atos constam informações importantes a quem acompanha ...


Pretendo finalizar, ainda este ano, o terceiro ato de Ato Falho. Nos três primeiros atos constam informações importantes a quem acompanha a série, mas ainda preliminares à narrativa principal - duas peças possíveis de serem lidas distintamente. Em resumo, acabaremos os três primeiros volumes com os acontecimentos decisivos na carreira de Martin Holster, a conclusão do envolvimento entre Lucy e Alfredo, juntamente às revelações que trarão a aproximação de Daniel aos demais.

A produção e publicação simultâneas da história me obrigam a separar cada capítulo em duas partes de 10 a 12 páginas cada. O que ainda me traz dúvidas se estou alcançando o efeito correto - ou desejado - sobre o leitor. Mesmo lendo comentários dos seguidores, ainda me falta a clareza se a HQ está sendo saboreada apropriadamente, funcionando segundo meus esforços de tornar os personagens o mais possivelmente marcantes.
 

terça-feira, outubro 01, 2019

Sempre me esquivei de Inktobers e outros desafios do gênero. Meus argumentos eram o desinteresse e o de não simpatizar com a proposta do ev...

Sempre me esquivei de Inktobers e outros desafios do gênero. Meus argumentos eram o desinteresse e o de não simpatizar com a proposta do evento. Me negava a cumprir uma arte por dia durante um mês inteiro. Sei que essa é a graça do desafio, porém, tal regra agradaria a artistas muito diferentes de mim naquele momento.

Hoje, considero essa recusa toda como uma forma de bloqueio ao que eu deveria me adaptar: o pouco tempo de execução das artes - como terão a maioria dos demais participantes - e também a publicação acelerada, anulando as possibilidades de alterações e ajustes (mais uma vez digo: não serei o único). Oras, não fossem as dificuldades, não haveria por que se chamar "desafio".

Meu arsenal com principiante.